Todo inverno deveria ter um amor

Todo inverno deveria ter um amor. Um aconchego, um sossego, uma cor. Uma alegria que desse graça aos dias cinzentos. Deveriam ser obrigatórios casais andando de mãos dadas, olhares cruzando-se nas ruas, flertes, beijos na boca, risadas soltas, abraços longos e infindáveis. Dias de inverno costumam ser tão sem graça… Entre uma soneca e outra bate uma nostalgia, uma carência, uma preguiça de estar sozinho. Deveria ser terminantemente proibido ficar sozinho nessa época. Inverno foi feito para ser curtido junto. Filme com pipoca, jantar a luz de velas, um lençol para dois, ficar acordado até tarde conversando bobagem. Tem coisa melhor que dividir chocolate quente em tempo frio? E até dia chuvoso tem um gosto especial quando não se está só. Dançar na chuva, brincar com a água que cai do céu, sentir o corpo purificado, e beijos, e abraços, fazem mais sentido quando tem alguém ao seu lado. Quando não se tem companhia no inverno, os dias parecem mais longos, tristes e frios. Mas no final sempre há de chegar a Primavera, enchendo o ar de perfume, colorindo o ambiente toda radiante. A estação mais sublime do ano. Tempero dos amantes. Esperança dos solitários.

(Grazielle Santos Silva)

🌎 (Saramenha – Ouro Preto – MG – Brasil) Casa de vó
📷 Canon T5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s